A osteoporose afeta 39% das mulheres pós-menopáusicas portuguesas

posted in: Notícias | 0

Nos últimos 12 meses, os portugueses gastaram qualquer coisa como 25 milhões de euros com tratamentos para a osteoporose, revelam os dados analisados pela Quintiles IMS, a que o Destak teve acesso.Valores que correspondem a cerca de um milhão e 500 mil embalagens vendidas. Ainda assim, os dados revelam uma redução de 11%quando comparado como ano anterior, altura em que as vendas chegaram aos 28 milhões de euros.
Caraterizada por uma redução da massa óssea e de uma maior fragilidade, que se traduz num risco acrescido de fraturas,trata-se de uma doença que, segundo os dados mais recentes, afeta 39%das mulheres portuguesas pós-menopáusicas com mais de 50 anos. No entanto, apenas 15% referem estar sob terapêutica e 19% mencionam ter feito algum tratamento no passado.

«Continuamos a verificar um subtratamento», confirma em comunicado João Eurico da Fonseca, presidente da Sociedade Portuguesa de Reumatologia, que anuncia. E é por isso que,apropósito do Dia Mundial da Osteoporose, que se assinala hoje, a SPR anuncia uma revisão das suas recomendações nacionais para o diagnóstico
e terapêutica desta doença, que «visam reduzir o risco e a frequência de fraturas osteoporóticas».

Notícia publicada no Destak em 20-10-2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *