O que motivou a organização deste evento:

Em 2013, no seguimento do “1º Relatório sobre propostas de “agregação/fusão” de 1º ciclos de estudos” elaborado por um grupo de trabalho designado para o efeito e aprovado pela A3ES, os 3 cursos de Licenciatura em Medicina Nuclear, Radiologia e Radioterapia viram-se unidos num único curso de Licenciatura em Imagem Médica e Radioterapia. Esta fusão que gerou e tem gerado bastante controvérsia, quer ao nível do Ensino quer aos nível das Profissões, continuando, actualmente a não ser consensual.

A APIMR, sendo uma entidade Associativa independente, idónea, e sem qualquer tipo de relação com a origem da fusão dos cursos, foi criada com o intuito de contribuir para a construção de sinergias entre os diferentes profissionais que viram o seu futuro ligado com esta reforma. Mais do que encontrar diferenças, importa, conjuntamente, contribuirmos para o prestígio e valorização das nossas profissões e orientar os novos colegas de IMR. Apesar de todas as diferenças entre as profissões, será mais aquilo que nos une que aquilo que nos separa? Só através do diálogo e da cooperação poderemos saber a resposta e construir o futuro mais adequado à nossa realidade.

Este evento surge como o primeiro de um ciclo de eventos, objetivando que estas se possam conhecer e dialogar entre si, contribuindo para a construção de pontos de contacto entre os colegas de IMR, Medicina Nuclear, Radiologia e Radioterapia.

Pretende abordar temas diferentes e pouco habituais, no seu conjunto, criando espaço para discussão e debate. Pretende-se que este evento  tenha a sua componente científica, mas abordando também assuntos que carecem de discussão actualmente, como é o caso da fusão dos cursos e da carreira profissional. Isto, sem nunca perder de vista as oportunidades de trabalho existentes actualmente, as suas condições e ofertas vigentes.

A Fotoreportagem do I Simpósio

Contámos com prelectores das áreas da Medicina Nuclear, Radiologia, Radioterapia, Radioncologia, Radiofísica e Medicina. Tivemos também um painel de discussão com sindicatos e empresas de recrutamento que evidenciou a necessidade de reformulação dos actuais planos de estudos de IMR, pois estes não servem profissionais, escolas, utentes e entidades patronais. Estas preocupações foram partilhadas por um conjunto de ilustres convidados, com responsabilidades de chefia na área, que fizeram parte da comissão de honra.

[smartslider3 slider=3]

Considerações após o evento

O conhecimento sem partilha não faz sentido. Obrigado a todos os que estiveram presentes no I Simpósio da APIMR e tomaram consciência da necessidade de mudanças no futuro!

Contem connosco para esta mudança e para promover um diálogo saudável entre todos os intervenientes.